Conceito Português - No horizonte dos melhores vinhos portugueses

Setúbal

Setúbal
Setúbal

A península de Setúbal possui uma rica história cultural, ligada a diferentes civilizações e passagens pela cultura da vinha. Acredita-se que os Tartessos (cerca de 2000 a.C.) foram os primeiros a produzir vinhos na região, passando pelos Fenícios, os Gregos, os Cristãos na Idade Média e perdurando por todos os marcos históricos de Portugal até os tempos atuais. Atualmente, a região é reconhecida como uma das mais reputadas de Portugal, berço de vinhos como o Moscatel de Setúbal.

Ao sul de Portugal, a geografia da região divide-se em uma área montanhosa, formada pelas serras ao norte e outra de planícies, que se estende ao sul. Os solos acabam sendo igualmente heterogêneos, passando por solos calcários e argilo-calcários nas serras e solos de areias finas e profundas nas planícies. O clima é predominantemente temperado do mediterrâneo, alternando entre verões secos e invernos frios e chuvosos.

O resultado, apesar das diferenças orográficas, é uma viticultura de certa forma homogênea, com a maior parte das vinhas localizadas nas zonas planas, com exceção das vinhas da Serra da Arrábida, em altitude mais elevada. Devido ao clima seco no verão, os sistemas de rega se tornaram essenciais para manter a homogeneidade da produção, com maturações ideias da uva. Apesar de algumas vinhas mais velhas e tradicionais, as castas de sucesso da região atraíram diversos novos viticultores e o emprego de técnicas mais viáveis economicamente.

Características dos vinhos de Setúbal

A Península compreende duas principais Denominações de Origem Controlada - Setúbal e Palmela, reservando a primeira para os vinhos de Moscatel de Setúbal e de Moscatel Roxo, vinhos mais aromáticos e complexos.

Na DOC de Palmela encontra-se em vinhos baseados na casta Castelão, resultado de técnicas específicas para os solos arenosos e soltos da região, apresentando características profundas e complexas. Das castas tintas destacam-se Alfrocheiro, Touriga Nacional e Trincadeira. Das brancas são evidenciadas Arinto, Fernão Pires e o Moscatel de Alexandria.

Fonte:
www.winesofportugal.info
http://www.vinhosdapeninsuladesetubal.pt

Produtores

José Maria da FonsecaBrejinho da CostaSIVIPA

Vinhos em destaques

Em breve teremos novidades

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!