Conceito Português - No horizonte dos melhores vinhos portugueses

Douro

Douro
Douro

No berço do difundido e licoroso Vinho do Porto, a Região ganhou destaque por ser rica em castas autóctones, apresentando centenas de castas únicas e uma grande variedade de vinhas velhas, resultando em boa variedade de castas misturadas. 

Situado em uma região montanhosa de solos xistosos, ao Norte de Portugal, o Douro apresenta território agreste e com paisagens exorbitantes nas íngremes encostas, dominadas por socalcos de vinhas em toda sua extensão, da fronteira com a Espanha até a região da cidade do Porto. Cortando a paisagem, o Rio Douro se destaca e oferece uma das bases para a região ter sido tombada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.   

O Douro divide-se em três sub regiões: Douro superior, Cima Corgo e Baixo Corgo, esta última a mais protegida contra influência do Atlântico pela Serra do Marão, resultando em um clima mais seco e com verões muito quentes, em oposição às temperaturas mais baixas que predominam durante o inverno. 

Características dos vinhos do Douro

Por influência da Serra do Marão, a Baixo Corgo apresenta clima  mais fresco e chuvoso, resultando na maior densidade de vinhas em comparação à região desértica e menos acidentada do Douro Superior, próxima da fronteira com a Espanha. Cima Corgo, por sua vez, é conhecida como o coração do Douro, é o berço de muitos vinhos do segmento superior do Vinho do Porto. 

Como resultado de diferentes condições climáticas, a região apresenta centenas de castas para degustação, porém com destaque para variedades como tintos Barroca, Tinta Roriz, Tinto Cão, Touriga Franca e Touriga Nacional. Das castas brancas, podemos mencionar a Gouveio, Malvasia Fina, Moscatel, Rabigato e Viosinho, Sousão e Trincadeira. 

Fonte:
Fonte: www.winesofportugal.info 

Produtores

José Maria da FonsecaL.J.SilvestreAdega Vila Real

Vinhos em destaques

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!