Conceito Português - No horizonte dos melhores vinhos portugueses

Vinhos Verdes: exuberantes e únicos como a paisagem da região

Os vinhos verdes têm conquistado o paladar dos brasileiros. Vinhos exuberantes, jovens e refrescantes, marcados pela agulha que deixam na boca.

11 Jul
Vinhos Verdes: exuberantes e únicos como a paisagem da região

Os vinhos verdes têm conquistado o paladar dos brasileiros. Vinhos exuberantes, jovens e refrescantes, marcados pela agulha que deixam na boca. O que torna estes vinhos tão especiais e diferentes dos outros produzidos em Portugal? O vinho verde é realmente verde? Embarque conosco nesta viagem pela Região dos Vinhos Verdes e descubra por si!

Entre os rios Douro e Minho encontramos a região do Minho, berço de Portugal e dos vinhos verdes. Uma nomenclatura que nada tem a ver com a cor, mas com caraterísticas do vinho e das paisagens de onde brotam os vinhedos. Como assim?

Passo a explicar. O vinho verde é um estilo de vinho único no mundo, exclusivo do Minho (Portugal), elaborado a partir de castas autóctones, algumas praticamente desconhecidas fora do país, e de cultivo limitado à região. O seu carácter especial fez com que, em 1908, fosse declarada a Região Demarcada dos Vinhos Verdes.

Por que se chama verde? Na verdade, o vinho verde é um vinho branco, que também pode ser rosé, tinto e espumante. Existem várias explicações para seu nome. Por um lado, a Região dos Vinhos Verdes, que ocupa uma vasta extensão do noroeste de Portugal, possui uma vegetação verde exuberante, que se estende dos picos escarpados das serras, cobrindo os vales interiores, rodeados de rios, à medida que se avança até ao Oceano Atlântico.

Devido à sua localização, esta região recebe forte influência dos ventos do oceano, o que faz com que o clima seja frio, chuvoso e úmido. Além disso, ladeado por rios diversos, o solo granítico e úmido, conferem as caraterísticas que conhecemos nos vinhos verdes.

No passado, as uvas eram colhidas não tão maduras quanto em outras regiões. Hoje, as uvas são colhidas no momento certo, conferindo-lhe o elevado teor de acidez destes vinhos, levemente efervescentes. Um fato que se tornou a “assinatura” deste estilo de vinhos, cuja sensação deixada na língua é de “agulhas” deixadas pela elevada concentração de ácido málico, associada a níveis relativamente baixos de açúcar da fruta.

Isto explica porque estes vinhos possuem um baixo teor alcoólico – entre os 8% e 11% - em comparação com outros vinhos portugueses. Tudo isto torna estes vinhos frescos, leves e jovens, gastronômicos, fáceis de harmonizar com pratos muito diversos.

Vinhos Verdes: exuberantes e únicos como a paisagem da região 

Alvarinho – Casta Nobre da Região dos Vinhos Verdes

É nas bucólicas paisagens da região, onde os vinhedos se sucedem interminavelmente, plantados em forma de retalhos pelas variedades brancas Loureiro, Alvarinho, Arinto, Fernão Pires e Trajadura, entre outras menos conhecidas, como a Borraçal, Avesso, Espadeiro, Trincadeira, Sousão e Vinhão.

A Alvarinho é a variedade nobre do Minho (Região dos Vinhos Verdes). Originária de Melgaço e Monção, onde a pluviosidade é mais reduzida e no verão as temperaturas são mais elevadas do que no resto da região, a casta Alvarinho dá origem a um vinho seco encorpado, com um aroma subtil, fresco e complexo de alperce, pêssego e cítricos, ao qual se combina um caráter mineral muito atraente. Estes vinhos são mais alcoólicos (normalmente 13%) e de cor dourada. Os melhores exemplares têm uma longevidade de décadas. Tipicamente, não passa por madeira, já que não precisa da mesma para ter longevidade. Mas há exemplares que estagiam em barrica. Neste caso, são mais untuosos e complexos.

Quer experimentar? Conheça alguns de nossos vinhos verdes.

 

Vinhos Verdes: exuberantes e únicos como a paisagem da região      Vinhos Verdes: exuberantes e únicos como a paisagem da região       Vinhos Verdes: exuberantes e únicos como a paisagem da região

Veja outras opções aqui

 

 

  • Compartilhe esse post

Comentários

Enviando Comentário fechar
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!